A Travellerspoint blog

Australia

Sydney


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Ir a Australia nao era so conhecer outro pais.. depois de viajar com mochila as costas (America do Sul), Caravana (Nova Zelandia), Australia seria uma viagem em familia. Nos so pudemos fazer esta viagem sem parar para trabalhar porque os pais do Moff iriam estar na Australia ao mesmo tempo e iamos viajar com eles. Assim, nao precisavamos de pagar pela caravana luxuosa que eles alugaram, ou gasolina. Era o unico meio e estamos muito gratos a eles por nos ajudarem nesta viagem. E depois de 3 meses a viajar sozinhos, ate estavamos contentes de estar com alguem conhecido! Eles chegavam so 40minutos depois de nos a Sydney. Esperamos por eles nas chegadas e mal os vimos o histerismo foi total... principalmente dos pais do Moff! Apanhamos um transfer para o apartamento que a Julie (mae do Moff) e o Peter (pai do Moff) tinham arranjado para nos os 4. Entretanto eu e o Moff atropelavamo-nos com coisas para contar e eles atropelavam-se com perguntas para nos fazer!

Chegamos ao apartamento... nao queria acreditar.. estavamos alojados no Star City.. um complexo de luxo com casino, hoteis e apartamentos de 5 estrelas!!!! Agradeci e agradeci a eles... depois de dormir atras de uma carrinha por 3 semanas, estava num apartamento luxuoso. Sentia-me uma VIP. Havia limousines e segurancas em todo o lado. Fomos ate ao apartamento onde relaxamos e nos organizamos. Passei maior parte do tempo na varanda a admirar a vista. Parecia um sonho.

n686250229..423_529.jpgn686250229..424_811.jpgn686250229..25_1077.jpg
n686250229..27_1661.jpg
sydneycasino1.jpg
Apartamento em Star City

Fomos dar uma caminhada ate as espalanadas a beira-rio e acabamos por jantar num restaurante tailandes... yum!

No dia seguinte esperava-nos um dia em cheio em Sydney. Comecamos por ir passear no Harling Harbour (que e perto do nosso apartamento) e fomos tamebm ao posto de informacao onde nos disseram os melhores spots e nos deram dicas. Apanhamos o ferry ate Circular Quay. Neste ferry tinhamos a hipotese de ver Sydney Opera House e passar por debaixo da famosa Ponte de Sydney.

n686250229..34_3597.jpg
Darling Harbour
n686250229..35_3907.jpg
n686250229..36_4185.jpg
Sydney Opera House

Caminhamos a volta da Opera, e pelos jardins a beira rio. Sydney e uma das cidades mais bonitas que eu ja vi. Simplesmente sensacional. Fomos ate aos Jardins Botanicos e a Ponta de Mrs Macquarie. Passamos pela Galeria de Arte e pelo Hyde Park e caminhamos ate ao apartamento no final do dia estourados! Mas ate aquele ponto ainda nao tinhamos explorado ao hotel e eu sugeri ir dar uma olhada ao health club. Acabamos por ir todos a piscina e jacuzzi para relaxar enquanto viamos o por do sol. Depois tomamos um banho e reunimo-nos na varanda para um copo de champanhe oferecido pelo hotel... sim... eu era uma VIP! :)

n686250229..42_5925.jpgn686250229..55_9532.jpgn686250229..61_1700.jpgn686250229..62_2025.jpg
n686250229..64_2682.jpg
n686250229..67_3633.jpg

No dia seguinte, infelizmente, era dia de dizer adeus ao apartamento. Fizemos as nossas mochilas e deixamos tudo na recepcao. No entanto, a nossa viagem por Sydney continuava. Fomos ate a mais antiga parte de Sydney chamada "The Rocks". Depois apanhamos o ferry para Manly, uma outra parte de Sydney. Em Manly almocamos no restaurante Hugo's olhando para o mar. Depois fomos caminhar as calorias ingeridas na "Scenic Harbour Walk", um trajecto entre praia e marina. Um dia muito bem passado!

n686250229..76_6338.jpg

A vinda embora, no ferry de Manly a Sydney, vi imensos barcos a vela... dezenas e dezenas deles.. Pensei no meu pai.. de certeza que ele iria adorar Sydney! Aqui ficam algumas fotos para morreres de inveja pai!

n686250229..77_6717.jpg
n686250229..78_7092.jpg
n686250229..79_7440.jpgn686250229..80_7781.jpg

Um final de tarde memoravel. Australia tinha-se aberto para mim de uma forma muito especial. Ao caminharmos de volta para o apartamento, vimos esta gente nova, bonita, a socializar em pubs com amigos do trabalho. Via-se que era gente de sucesso e que aproveitavam um bom final da tarde para por o trabalho de lado e conhecer os colegas. "Quando for grande quero ser assim", pensei eu pra mim. Em Sydney toda a gente e bonita, elegante e sabem-se vestir. Se nao fosse do outro lado do mundo do meu Portugal, vinha viver aqui de seguida.Bem, chegados ao apartamento apanhamos um taxi para o nosso proximo hotel perto do aeroporto. Isto porque este hotel era mesmo a frente da loja da caravana que iamos alugar.

No dia seguinte, fomos entao buscar a caravana com a Julie e o Peter. O Peter era o unico que ia guiar. A caravana e grande e parece uma casa ambulante. O Peter queixa-se pela dificulade de a conduzir: "E como guiar um camiao", dizia ele. Guiamos ate a praia Bondi. Nao podiamos deixar Sydney sem la ir. Bondi Beach e uma praia mais para surfistas. Nao e nada de especial, a nao ser a vibe de gente jovem que vive por la e a sensacao de festa constante 24 horas.

n686250229..84_9306.jpgn686250229..88_5034.jpg
Bondi Beach

Depois de Bondi Beach, o Moff insistiu para irmos as Montanhas Azuis (Blue Mountains). E fomos. O problema foi o nevoeiro constante sobre as montanhas, nao nos deixando ver nada. Acampamos la a noite. Espero que o tempo melhore!

Posted by Themoffats 18:59 Archived in Australia Comments (0)

Nova Zelandia VIII

O adeus ao pais mais jovem do mundo


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Saimos de Queenstown a tardee guiamos em direcao a Christchurch. Pensamos em levantar dinheiro e em por mais gasolina na estrada. Paramos no Lago Tekapo para abastecer... mas nao tinham caixa multibanco... a proxima vila tambem nao tinha multibanco, mas tinha um banco que estaria aberto no dia seguinte de manha. Comecei a ficar preocupada. Guiamos bastante devagar ate a proxima vila.. ainda tinhamos gasolina... entao guiei mais 70km para uma cidade. Estavamos a guiar a 60km/h numa auto-estrada. Mas divertiamo-nos a apitar as ovelhas e aos veados que se assustavam com o barulho. Chegamos a Timaru ja de noite e... tata! Caixa multibanco! Tiramos dinheiro e abastecemos o carro!

n686250229..85_9592.jpg

Guiamos por Timaru mas nao parecia nada de especial, por isso guiamos ate Temako e dormimos la a beira da estrada.

Acordamos e guiamos para Christchurch. Christchurch nao e nada de especial. Uma cidade com uns parques e catedrais bonitos, mas nada de ai alem. Ainda tinhamos 2 dias antes de ir para a Australia. Decidimos passa-los no cinema pondo-nos a par dos filmes para os Oscares!

n686250229..087_291.jpg
Christchurch

No dia seguinte fomos ate a loja da Wicked (aluguer da nossa caravana) porque tinhamos feito uns danos ao carro e queriamos saber se ficava mais barato nos arranjarmos ou se n havia problema. A nossa caravana tinha a luz do canto esquerdo partida e o para-brisas tinha uma "crack" ate grande. "Nao ha problema" disse-nos o mecanico da Wicked. "Leve so a luz partida ao meu colega da Autolights e ele arranja-lhe isso por 50dolares". Uffff pensei eu... ja me tinha preparado para esquecer asia porque nao iamos ter dinheiro por causa da caravana. Foi um alivio imenso!

Dia 18 la fomos para o aeroporto onde com alguma tristeza dissemos adeus a Nova Zelandia. A experiencia da caravana "Wicked" tinha sido espectacular e uma forma completamente de viajar. Aconselho a Nova Zelandia a qualquer um porque tem tudo: cultura (tribos Maori), excelentes praias (sem os perigos de tubaroes e raias como a Australia), excelentes estradas e paisagens inesqueciveis. Nao me admiro nada que o numero de turistas por vezes seja maior do numero de habitantes! Sem duvida um pais para voltar!

Posted by Themoffats 18:39 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia VII

Queenstown e Milford Sound

A chegar a Queenstown vimos o sinal para o famoso Bungy Jump de Kuwarau Bridge. Tinhamos combinado em fazer o bungy jump... Nao se pode ir a Nova Zelandia sem "provar" o ex libris do pais! Eu estava bastante nervosa em ate pensar no assunto.. saltar de uma ponte...pffff.... O Bungy da Kuwarau bridge e de 43 metros de altitude, e ate tem uma plataforma onde se pode ver pessoas a saltar. Nada melhor para eu me mentalizar... Descemos as escadas pacientemente entre muitos outros turistas que tinham chegado em camionetas pa ver os "tolos" a saltar da ponte... Chegamos ao spot... Olhei para a ponte... Olhei para o rio....Vi uma pessoa a saltar... Os meus nervos acabaram de imediato... 43 metros parece muito, mas olhando para baixo nao parece assim tanto...Para quem tinha saltado 3.7 kilometros de um aviao, 43 metros nao parecia muito.. A ajuda de paraquedismo e que nao somos nos que tem a decisao de saltar, mas sim o nosso instructor.. No bungy jump, nos temos de tomar a iniciativa, mesmo quando todos os nossos instintos corporais dizem para NAO saltar.

Depois de ver alguns saltos, eu e o Moff ficamos muito mais descansados... ate que ouvimos falar de outros bungy jumps que havia em Queenstown: Ledge (47 metros) e Nevis (134metros)... Num tom de brincadeira dissemos um para o outro.. "Saltar por saltar, saltamos no mais alto... saltamos o Nevis". Ficou a ideia no ar. Voltamos para o carro e guiamos para o centro de Queenstown onde iamos procurar um parque de campismo para passar uma noite.
Mesmo que bastante caro para um parque de campismo, la ficamos no mais perto do centro da cidade. Depois de nos organizarmos la fomos a loja do AJHackett Bungy Jump. Vimos vezes sem conta o bungy jump do Nevis nas televisoes promocionais. Aquilo sim era alto... e extremamente assustador. Disse com vergonha ao Moff que nao conseguiria fazer... era demasiado alto. Decidimos pensar no bungy mais tarde. Passeamos pela cidade (vila?)... que sitio mais bonito... Nao tem "praia", mas tem um lago rodeado de montanhas verdes, passaros e patos e um tempo excelente. Decidimos logo ficar em Queenstown por uns dias. Depois de uma paragem na internet, reparamos que dois dos nossos amigos de Swindon (onde o Moff morava, dois gemeos) estavam tambem em Queenstown. Tentamos encontra-los, mas sem sucesso. Fizemos compras e voltamos para o parque para jantar. No barbecue do parque conhecemos mais 4 viajantes (2 kiwis e 2 americanos). Conversamos a noite toda sobre Nova Zelandia, Australia, America, politicas... Nenhum dos americanos que ate agora conhecemos votaram no George Bush... acho que se tivessem ate tinham vergonha de o admitir.

2165_29474.._1795_n.jpg
2165_29474.._2051_n.jpg2165_29474.._2832_n.jpg
Queenstown

No dia seguinte fomos ate a internet de manha e o David (de Swindon) tinha-nos mandado o endereco do hostel em que ele estava. Fomos la ter com ele. Maior dos meus azares, o David tinha acabado de vir do Nevis Bungy jump: "voces tem de o fazer" dizia-nos entusiasmado. Mostrou-nos o dvd dele e as fotos. Na noite anterior ate tinha tido pesadelos com o raio do bungy jump... Combinamos sair c ele e com o resto do pessoal a noite. Fomos a um bar que servia cocktails em bules de cha, e tambem a um Irish Pub (bar irlandes... sim eles estao em todo o lado). No Irish pub encontramos por acidente os dois ingleses que tinham feiro paraquedismo connosco! Como o mundo do viajante e pequeno... vao todos ao mesmo sitio! Acabamos por nos juntar a eles e ouvir a historias das viagens deles de chorar a rir. Um deles ia saltar o Nevis no dia seguinte, e queria embebedar-se porque podia ser a ultima noite dele! O Nevis perseguia-me. Agora sabia que tinha de o saltar. Mas enfim, foi uma noite muito bem passada!

De manha acordamos com chuva... pensamos logo no ingles que ia saltar o Nevis as 10h30. Chuva.. dia de internet e cinema! Acabamos por ver Slum Dog Millionaire e Changelling. Dois filmes excelentes. Decidimos ir a Milford Sound no dia seguinte, guiando 350km para la e voltar a Queenstown de novo (outros 350km). Milford Sound e o primeiro "Must" de Nova Zelandia. Em Te Anau (a vila mais proxima de Milford Sound), compramos os bilhetes para o cruzeiro de 2 horas as 15h20. A viagem de carro em Milford Sound tambem foi bastante aborrecida, guiando entre ribeiras, riachos, montanhas e lagos :) ! O cruzeiro nao podia ter sido melhor.. Eramos so 10 no barco, o que era espectacular. Navegamos perto de cascatas, vimos focas de perto e ate um dos pinguins mais raros: the Fiordland Crestin Penguin. Aqui ficam algumas fotos:

n686250229..20_5372.jpgn686250229..22_5994.jpgn686250229..31_8622.jpgn686250229..537_565.jpgn686250229..41_2974.jpgn686250229..42_3198.jpgn686250229..50_5169.jpg
Milford Sound

Depois do cruzeiro guiamos de volta para Queenstown debaixo de um por do sol de meter inveja.. Acabamos por dormir num sitio de descanso no lado da estrada antes de chegar a Queenstown.

Estavamos de volta a Queenstown. Estava decidido. Iamos saltar o Nevis. Dirigumo-nos a loja do AJHackett para comprar os bilhetes. Estava tudo cheio para esse dia... Mau pressentimento.. mesmo assim compramos os bilhetes para o dia seguinte as 11h30. Para nao pagar parque de campismo, guiamos para um parque de estacionamento gratis. Era dia dos namorados. Fomos ver um chick-flick que eu escolhi: "Marley and Me". Depois do filme fomos ate a beira do lago onde nos deliciamos c gelado enquanto relaxavamos no jardim. Estava um tempo excelente tambem. Depois das 18h fomos buscar a carrinha e aparcamos mesmo em frente ao lago (depois das 18h e gratis). Deitamo-nos na carrinha a ver o por do sol.. Espectacular!

n686250229..77_7214.jpgn686250229..82_8690.jpg
n686250229..83_9008.jpg

No dia seguinte era dia de bungy jump. Nao estava nervosa. Tinha estado nervosa os 4 dias anteriores... Subimos para a carrinha que nos levava para o bungy jump. Depois de chegar ao sitio vestimos estes fatos e tivemos de ir de teleferico ate ao sitio do salto. Connosco iam so rapazes histericos ai com 20 anos de idade. Fui a quarta. Mal o instructor me chamou os nervos comecaram a subir... mas nao muito. La me pos os aderecos todos e depois guiou-me para o spot do salto. Fiz o maior erro... olhei para baixo... Os nervos subiram de repente a 200km/h. Tudo me dizia que eu nao ia saltar... tinha de sair dali.. mas bastou o instructor gritar: 3,2,1.. Jump.. e eu la saltei.. estava tao nervosa que ate os meus joelhos me falharam... Foi uma sensacao assustadora... o meu coracao batia mais depressa que tudo enquanto eu caia... Isto nem sequer deve ter durado um minuto e eu estava de volta ao teleferico. Acabei por ficar com o DVD do meu salto, mas por alguma razao nao me esta a deixar torna-lo em fotos. Quando voltar ao meu computador portatil em inglaterra vou ver se consigo. No entanto aqui ficam algumas fotos do nevis que tirei da net.

n686250229..84_9297.jpg
8580d_2198..da2cfa7.jpgnevis1.jpgnevis_bungy_lge.jpg
Nevis bungy jump

Voltamos a Queenstown a nossa caravana e comecamos a guiar com destino a Christchurch, a nossa ultima paragem na Nova Zelandia.

Posted by Themoffats 18:11 Comments (0)

Nova Zelandia VI

Glaciares e Wanaka


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Acordamos em Hokitika debaixo de chuva. Saimos do parque e guiamos ate ao Franz Josef Glacier. Chegamos ao glaciar ainda debaixo de chuva. Almocamos dentro da carrinha e dormimos uma sesta. Depois da longa sesta tinha parado de chover. Agora sim podiamos ir ver o Glaciar! Nao marcamos nenhuma visita guiada ou qualquer coisa do genero, por isso seguimos o caminho ate ao glaciar e seguimos os grupos de turistas quando passamos a barreira "Danger" (Perigo). Aparentemente, varios turistas tem morrido ou se magoado gravemente neste glaciar porque vao sozinhos explorar o glaciar e, em certas partes, o gelo nao e muito forte, ou pode mesmo ate cair blocos de gelo matando logo as pessoas cerca. Seguimos entao os grupos turisticos, como quem nao quer a coisa...

2165_29474.._5126_n.jpg2165_29474.._5450_n.jpg2165_29474.._5760_n.jpg2165_29474.._6713_n.jpg2165_29474.._8460_n.jpg2165_29474.._8820_n.jpg
Franz Josef Glacier

Depois do glaciar Franz Josef guiamos ate ao seu irmao, glaciar Fox. Sao os dois quase a mesma coisa.. mas fiquei um pouco desapontada... depois de ter visitado Perito Moreno, estes dois glaciares deixaram um pouco a desejar.. Talvez se tivesse o dinheiro para fazer um tour e ver dentro do gelo, talvez tivesse sido giro. Mas e sempre bom ver coisas diferentes, e perseguir grupos de turistas como quem nao quer a coisa, tem sempre a sua graca..

2165_29474..6_273_n.jpg
Fox Glacier

Continuamos a guiar pela estrada fora. Queriamos chegar ao Lago Wanaka nessa noite... mas derrepente reparamos que ainda faltavam 240km.. Entretanto vimos um parque de campismo gratuito mesmo a beira do lago Paringa. Nao podia ser melhor. Aparcamos a carrinha mesmo em frente ao lago (gulosos!). Cozinhamos e comemos quase que a correr devido a bicharada (tipo mosquitos, sandflies) que estava a vir para a nossa comida. Choveu e choveu durante a noite...

Acordamos debaixo de chuva..Guiamos logo para Haast. Passamos pelo Lago Hawea e "pequeno-almocamos" perto do lago Wanaka. Paramos perto das Piscinas Azuis (Blue Pools). E esta ribeira que tem duas cores: azul e verde.. e tinhamos de passar por uma ponte em suspensao! Muito estranho, mas lindo!!

2165_29474.._6437_n.jpg
Blue Pools

Ao chegar a Wanaka, passamos pelo "Puzzling World" e decidimos ir dar uma vista de olhos. Puzzling World e um centro de entertenimento com jogos de perspectivas. E um pouco complicado explicar. Aqui vao algumas fotos...

2165_29474.._7676_n.jpg2165_29474.._8477_n.jpg2165_29474.._8740_n.jpg
2165_29474.._9005_n.jpg2165_29474..2_116_n.jpg
Puzzling World

De seguida guiamos ate a vila do Lago Wanaka... mas estavamos era entusiasmados com Queenstown... era so uns 150 km de distancia... Voltamos para o carro e continuamos a guiar. Como um sinal a beira da estrada dizia: "It's not the destination, but the journey that counts" (Nao e o destino, mas a "caminhada" que conta)... e as viagens de carro aqui na Nova Zelandia sao tudo menos chatas, e nada melhor que uma boa musica para despertar a condutora!

2165_29474.._1283_n.jpg
Lago Wanaka

Posted by Themoffats 02:42 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia V - ilha Sul

Kaikoura - Punaikaiki - Hokitika


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

A viagem de ferry entre a ilha norte e sul da Nova Zelandia e bastante agradavel porque passamos entre os "Malborough Sounds". A chegada a Picton, guiamos ate Kaikoura, o sitio ideal para ver baleias e golfinhos. Quase a chegar a Kaikoura, eu e o Moff reparamos que alguma coisa se mexia nas rochas (a auto-estrada era a beira mar). Paramos o carro. Eram focas.. montes delas! Foi tao giro ve-las ao natural.

n686250229..47_4653.jpg
Malborough Sounds

n686250229..49_5048.jpgn686250229..50_5286.jpgn686250229..54_6223.jpgn686250229..55_6437.jpg
Focas

Chegando a Kaikoura, fomos directos ao i-site onde marcamos uma viagem de barco para ver as baleias. Fomos logo na visita das 16h00. O normal e ver 1 ou 2 baleias, mas nos acabamos por ver 7! Aqui ficam algumas fotos:

n686250229..59_7393.jpgn686250229..61_7862.jpgn686250229..63_8366.jpg
Baleias

Depois da viagem, aparcamos o carro num parque de estacionamento mesmo em frente a praia e ai jantamos. Fomos tambem a um Irish Pub, ver musica ao vivo e beber uma "pint". Digamos que ate dormi melhor!

IMG_4687.jpg
Kaikoura a noite

No dia seguinte guiamos ate Hamner Springs, conhecido pelas aguas termais. Mal chegamos fomos a estas "famosas" piscinas. Fiquei um pouco desapontada... pensei que seria pocas de agua quente, mas nao... era um complexo com piscinas cheio de gente... Foi engracado no entanto. Relaxamos numa piscina de 41graus com sulphur. Tinha outras piscinas com diferentes temperaturas. Mas ficamos aborrecidos depressa. Voltamos para o carro e guiamos para Wesport. A viagem de carro foi magnifica. Chegamos a Wesport as 18h. Estava tudo fechado, e entao decidimos ir a Cape Foulwind, uma colonia de focas. Ficamos, de novo, desapontados porque perto de Kaikoura tinhamos visto muitas mais focas, e aquilo nem sequer uma colonia era. Guiamos de novo ate Punaikiki e aparcamos o carro perto da estrada e ficamos la a noite.

IMG_4695.jpg
Focas em Cape Foulwind

IMG_4704.jpg

No dia seguinte acordamos e guiamos logo para o i-site. Punaikiki e conhecido pela formacao rochosa no mar por ter formato de panquecas. Aqui o sitio e famoso como "Pancake Rocks". Aqui ficam algumas fotos:

IMG_4731.jpgIMG_4738.jpgIMG_4747.jpgIMG_4751.jpg
Punaikaiki Pancake Rocks

Depois de ver as rochas, fizemos tambem uma caminhada pelo Tundra Track, que nos levou entre densa floresta ate uma praia. Mas depressa veio a multidao da camioneta turistica "Kiwi Experience" e nos fomos embora. Guiamos por dentro de Greymouth e finalmente chegamos a Hokitika. Mal chegamos, fomos a um i-site, como sempre, e reparamos que havia imensas coisas para visitar. Decidimos ir para um parque de campismo essa noite porque queriamos lavar roupa e tomar um bom banho de agua quente. Passeamos pela vila, pela praia e fomos dormir.

Posted by Themoffats 17:55 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia IV

Taupo e paraquedismo


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Acordamos de manha cedo com um nozinho no estomago. Afinal de contas seria hoje que iriamos ter a nossa primeira experiencia de "adrenalina": iamos saltar de um aviao! Por isso decidimos tomar o pequeno almoco perto do lago e dar uma caminhada. Depois voltamos para a loja de internet onde tinhamos reservado a actividade. Tinhamos de ter certeza que havia condicoes "temporais" para saltarmos. Havia. Guiamos entao a nossa carrinha ate ao aeroporto. Ai conhecemos mais gente que tambem ia fazer paraquedismo. Mostraram-nos um video, falar sobre seguranca e sobre a experiencia em si e "vestiram-nos" uns fatos e prepararam-nos. O meu instructor era altamente e pos-me bastante a vontade. Foi numa avioneta cor de rosa que eu e mais quatro (incluindo o Moff) nos preparamos para saltar.Aqui estao algumas fotos a comprovar!

n686250229..30_6124.jpgn686250229..33_7039.jpgn686250229..38_8517.jpgn686250229..43_9986.jpgn686250229..644_281.jpgn686250229..646_915.jpg

Foi uma experiencia fantastica e inesquecivel! Ficamos amigos de 2 ingleses muito engracados. Espero voltar a encontrar-me com eles.

Paraquedismo? ticked. Proximo? Guiar ate Otaki para conhecer o novo primo do Moff que so tem 1 semana! Mas antes tive de ir para um mergulho no Lago Taupo e depois almocamos. A ida para Otaki paramos perto do famoso Mt Doom (do Senhor dos Aneis) para uma foto. A viagem de carro nao e ma de todo porque guiamos entre o Parque Nacional de Tongariro Chegamos a Otaki cerca das 19h e andamos meios perdidos a procura do endereco do tio dele. Finalmente encontramos. Foi emocionante ver um bebe tao pequenino e fragil e ate peguei nele ao colo!

n686250229..42_3113.jpgn686250229..43_3411.jpg
Lago Taupo

n686250229..45_3984.jpg
Monte Doom

No dia seguinte tomamos pequeno almoco com o tio do Moff (que ele nao via a 10 anos...) e guiamos ate Wellington, a capital da Nova Zelandia. Hoje era o "cortejo" das equipas de raguebi que iam jogar no torneio "sevens", em Wellington.

Vimos o cortejo, passeamos pela cidade e fomos ao melhor museu que alguma vez tinhamos visto: Te Papa.
Te Papa e qualquer coisa: e um museu que explica terra, animais, mar, arte, nova zelandia... e altamente didactico. Eu nao queria sair de la! Sentimos um terramoto, aprendi sobre geologia, aprendi sobre todos os seres que vivem na nova zelandia, sobre arte... e sobretudo sobre a "historia" da Nova Zelandia. Por mais pequena que seja, eles querem ter a certeza que ninguem sai de la sem saber um pouco mais de quando entraste.

n686250229..54_6499.jpg
Moff em frente do Te Papa

n686250229..57_7361.jpg
A equipa de raguebi da Nova Zelandia e os paises que iam jogar no "Sevens"

E depois pensei para mim: nos nao temos um museu sobre Portugal.. que explique a grandiosa historia do nosso pais... temos um museu sobre o azulejo (que nao me parece de todo interessante), um museu sobre arte (nao o de Lisboa, mas o de Serralves ate e bom), e assim grandes museus nao ha... Fica aqui uma proposta ao governo portugues de criar um museu dinamico e interactivo, atractivo para todas as idades, explicando a historia de portugal, epoca por epoca... De certeza que seria uma mais valia para um pais como o nosso... mas ah... espera... esqueci-me que o nosso pais so se baseia em futebol e novelas... ninguem perderia tempo em descobrir um pouco mais da nossa historia...!

Entranto tambem fomos ao cinema ver "Valkyrie" e "Seven Pounds". Acabamos por dormir no parque de estacionamento do shopping... hei... e gratis!

No dia seguinte acordamos bem cedinho e guiamos em direcao ao ferry que nos levaria a ilha sul.

n686250229..01_3597.jpg
Nascer do sol em Wellington

n686250229..02_3873.jpg
Ferry para a ilha sul

Posted by Themoffats 17:07 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia III

Waitomo e Rotorua


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

No dia seguinte o carro nao pegava... Parece que tinhamos posto agua, no contentor de oleo.... (ok ok.. acontece a todos ok?). Sorte a nossa, mesmo a beira do parque de campismo havia uma oficina mecanica. La vieram buscar a carrinha e esvaziaram o tanque e puseram oleo novo... Enfim.. Acontecem sempre estas coisas, nao?

Com o carro arranjado, la guiamos para a nossa experiencia nas cavernas! Connosco, so iam mais 2 rapazes holandeses. O nosso guia era um pouco maluco, e era a primeira vez que ele tinha um grupo sozinho, pois tinha acabado de passar na licenca... Guiou-nos ate este sitio onde pusemos fatos termicos, botas e "capacetes com lanternas". Estavamos prontos para ir para as caves.

A actividade acabou por ser bastante divertida. Vimos "larvas" que luzem debaixo da terra (glow worms), andamos a volta de estactites e rochas. Nadamos nas aguas geladas das cavernas (dai os fatos termicos), e fizemos tubbing (nao rafting). Foi uma experiencia espectacular. Ajudou o grupo ser pequeno e o nosso guia ser mais maluco que nos os 4 juntos.

Tumu_11am_..Brad_2_.jpgTumu_11am_..rad_11_.jpgTumu_11am_..rad_19_.jpg
Cavernas de Waitomo

A actividade acabou por volta da 13h. Almocamos e metemo-nos ao caminho outra vez. Destino? Rotorua. Rotorua e uma cidade que vive no topo de uma grande actividade vulcânica . Desta maneira, escapes, fendas, lama borbulhante, Geysers, Vapor d'água, e diversos tipos de gases sufurosos são lançados nas ruas e arredores da cidade. Mal se chega a cidade, o cheiro a pum mao dado nota-se... e bem! Isto por causa dos gases sulforicos da cidade. E uma cidade tambem conhecida pela cultura Maori (as tribos existentes na Nova Zelandia, antes da ilha ser descoberta pelos europeus). A cultura Maori e "abracada" pelos Kiwis (habitantes da Nova Zelandia) e continua bastante viva. Maior parte dos sinais na estrada ou anuncios sao tambem escritos na lingua Maori.

Existem imensas actividades para fazer em Rotorua... mas todas custam dinheiro... por isso entre 20, escolhemos uma: decidimos ir visitar uma das vilas Maori, onde tambem se podia ver as consequencias de Rotorua se sentar sobre um "vulcao" (?). Reservamos nos eficientes i-site, que ja vos falei, para o dia seguinte, e fomos encontrar um acampamento para ficar.

No dia seguinte, la guiamos para a vila "Te Puia". A entrada cheia de "deuses" em que eles acreditam, e fenomenal, e toda a cultura maori em si e bastante interessante. Aqui estao algumas fotos do dia:

IMG_4055.jpg
Entrada do Parque de Estacionamento

IMG_4070.jpg
Uma das 12 estatuas na entrada

IMG_4099.jpg
Para poderem esculpir as esculturas Maori, tens de ser descendente de uma familia Maori, ter entre 18 e 30 anos, e ser homem

IMG_4109.jpg
Onde eles guardam os tesouros e mantimentos alimentares. No entanto esta casa normalmente e muito mais alta.

IMG_4127.jpg
Geisers estao bem presentes nesta vila. O mau cheiro tambem!

IMG_4130.jpg
Um Maori. A partir deste momento assistimos a um concerto de musica e danca Maori que ainda hoje eles performam dentro das vilas. Este Maori, um dos maiores guerreiros, nos convidou a entrar na casa.

IMG_4132.jpgIMG_4169.jpgIMG_4156.jpgIMG_4176.jpgIMG_4178.jpg Os guerreiros Maori costumavam por a lingua de fora e fazer caretas ao adversario para os assustar.

IMG_4180.jpg
Os Maoris cumprimentam-se de maneira diferente. Apertam a mao e encostam narizes 2 vezes.

Aqui ficam mais algumas fotos do nosso dia em Te Puia!
IMG_4182.jpgIMG_4199.jpgIMG_4223.jpgIMG_4246.jpgIMG_4250.jpgIMG_4262.jpgIMG_4266.jpgIMG_4268.jpg

Depois de Te Puia, guiamos ate Taupo... Paramos para ver as Catararas Huka e fomos ate uma loja de internet onde reservamos paraquedismo para o dia seguinte (para quem nao sabe o que e paraquedismo.. digamos que e.. saltar de um aviao!). Aparentemente, Taupo e o sitio mais barato do mundo para fazer paraquedismo, por isso aproveitamos (fica cerca de 100 euros).

Dormimos num sitio de descanso (a beira da estrada mais propriamente), mas com uma vista fantastica do Lago Taupo!

Posted by Themoffats 16:31 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia II

Coromandel Peninsula and Hamilton


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Dia 31 de Janeiro, acordamos na linda peninsula Coromandel. Tomamos pequeno almoco na praia e guiamos a volta da Peninsula. A paisagem enquanto se guia, e magnifica!

IMG_3946.jpg
Pequeno almoco na praia de Thames

IMG_3955.jpg
Peninsula de Coromandel

IMG_3967.jpg
Mercury Bay

Paramos em Cathedral Cove. Ainda temos de caminha 45min ate chegar a famosa praia. Decidimos separar o caminho, e paramos na praia StingRay Bay (20min a pe de Cathedral Cove). E nao nos arrependemos. Nao tinha quase ninguem e parecia que estava no paraiso. Depois de uns mergulhos, continuamos a nossa caminhada. Chegando a Cathedral Cove, ficamos um pouco desapontados com o numero de pessoas la, mas era de esperar. No entanto, a praia nao perde o seu charme e a formacao das rochas fazem lembrar o Algarve. Mas a claridade da agua e a temperatura e um pouco diferente!

IMG_3983.jpg
Eu em Sting Ray Bay

IMG_3997.jpg
A caminhada para Cathedral Cove

IMG_4002.jpg
Cathedral Cove

IMG_4008.jpg
Cathedral Cove

IMG_4028.jpg
Cathedral Cove

Depois de Cathedral Cove ainda tinhamos planeado visitar outra praia, conhecida pelo nome de Hot Water Beach (Praia de agua quente). Esta praia senta sobre um formacao rochosa que liberta gases para a praia. Desta maneira, quando a mare esta baixa, num certo sitio se se cavar um buraco na areia, e possivel, de facto, relaxar em agua (bastante) quente. Chega mesmo a escaldar os pes! E ai tambem decidimos jantar.

IMG_4031.jpg
Hot Water Beach

IMG_4034.jpg
Conseguem melhor vista para um jantar? Yummm

Continuamos a guiar ate Hamilton, onde encontrariamos um amigo do Moff no dia seguinte. Durante a noite decidimos aparcar a caravana... no parque de estacionamento dos jardins... (ei... e gratis!)

No dia seguinte, fomos a busca do "Mintey". Mintey veio para a Nova Zelandia para ser um piloto de avioes, mas primeiro tem de fazer este curso de 2 anos que custa nem mais nem menos que 60 mil libras... (nao e muito se nos lembrarmos que ele provavelmente vai ganhar esta quantidade por ano quando for piloto).

Com a ajuda do Google maps, la encontramos a residencia dele. Ele e os amigos estavam a preparar-se para ir a Raglan, uma famosa praia pelo seu surf. Decidimos ir tambem. Foi um tarde bem passada, na praia de areia preta e ventosa de Raglan...

IMG_4048.jpg
Nos com o Mintey na praia de Raglan

Por volta das 16h dissemos adeus aos futuros "ricos" de inglaterra e dirigimo-nos para Waitomo. Em Waitomo nos espera um experiencia debaixo da terra... Quando la chegamos, compramos os bilhetes para o que eles chamam aqui de "Black Water Rafting". Black Water (agua preta) porque faz-se rafting em caves. Acampamos num campismo (ja era tempo...) onde lavamos roupa e descansamos. Para jantar, grilhamos hamburguers no excelente Barbecue perto da nossa carrinha.

Posted by Themoffats 16:00 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia - o Norte da ilha do Norte

Primeiros dias


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Acordamos... fui tomar um bom duche e seguimos para o parque onde cozinhamos pequeno almoco. Aqui estao algumas fotos na nossa querida carrinha.. (pai... ias adorar isto!)

IMG_3684.jpgIMG_3686.jpgIMG_3687.jpgIMG_3689.jpg

Dormimos lindamente na nossa carrinha. Depois de ovos para pequeno almoco seguimos viagem para a baia das ilhas (Bay of Islands). Finalmente chegamos a Pahia, onde alguns turistas param para ir nadar com os golfinhos. Como estamos num budget apertado, nao pudemos ir nadar com os golfinhos... esperemos que outras oportunidades surjam. Depois de ver tanta praia, nao resisti e fui a um mergulho na praia de Pahia.

Era tempo de nos fazermos a estrada outra vez. Seguimos rumo a Doubtless Bay, onde paramos, e depois chegamos finalmente a Peninsula de Karikari. Durante toda a viagem de carro tenho de vos dizer que nao e nada cansativo pois passamos constantemente por praias ou por florestas tropicais com estradas excelentes.

IMG_3725.jpg

De acordo com o Lonely Planet (o nosso guia), Karikari tem das praias mais amorosas (sim, este e o termo) da Nova Zelandia. E nao nos enganaram. Assim que chegamos a Maitai Bay perdi-me de amores pela praia... Sem duvida a minha preferida ate aquele momento. Completamente deserta, aqui ficam algumas fotos a comprovar a beleza desta baia:

IMG_3737.jpgIMG_3741.jpgIMG_3743.jpgIMG_3758.jpgIMG_3761.jpgIMG_3769.jpgIMG_3777.jpg

A noite, depois de jantar, fomos explorar a costa e encontramos a outra parte da Maitai Bay. Tambem completamente deserta e lindissima. Decidimos acordar cedo e ir para a praia no dia seguinte.

E assim fizemos, as 8 horas acordamos e fomos para a praia. Aqui ficam algumas fotos da outra parte da Maitai Bay:

IMG_3790.jpgIMG_3802.jpgIMG_3806.jpgIMG_3831.jpg

A meio da manha seguimos a explorar outras praias perto do local. Assim fomos a praia de Ragiputa, a Arora Island e Dove Bay (onde se encontram imensos Kiwis, uma especie de ave que so existe na Nova Zelandia e e o orgulho da ilha).

IMG_3849.jpg
Ragiputa

IMG_3702.jpgIMG_3706.jpg
sinais de rua a avisar da presenca de Kiwis
IMG_3708.jpg
Dove Bay

IMG_3876.jpg
Praia das 90 milhas (90mile beach)

Depois de ver tanta praia, guiamos de volta a Waipu Cove, mas antes paramos num spot a beira da estrada para almocar. Para verem, estes "spots" sao parecidos com os de Portugal:

IMG_3886.jpgIMG_3888.jpgIMG_3896.jpg

Continuamos a nossa viagem para Waipu Cove onde jantariamos mas depois continuariamos a conduzir ate a Peninsula de Coromandel, a sul de Auckland.

IMG_3928.jpg
um banho depois de jantar em Waipu cove

IMG_3940.jpg
Auckland by night

Paramos em Thames para uma noite de descanso. No dia seguinte tinhamos em ideia visitar a Peninsula de Coromandel, Mercury Bay e a famosa praia de Cathedral Cove. No entanto tenho de ir fazer o jantar que o sol ja se esta a por... Ate breve!

Posted by Themoffats 22:52 Archived in New Zealand Comments (0)

Nova Zelandia - chegada

Os primeiros dias


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Entre a viagem de Santiago para Auckland perdemos um dia devido a linha da hora. Deste modo so chegamos a Nova Zelandia dia 28 de Janeiro as 4 da manha. Nao houve qualquer tipo de espera na imigracao e toda a gente pareceu bastante agradavel. Compramos um cartao telefonico para ligar a mae do Moff pois ela tinha estado a tratar da caravana por nos (nos nao temos cartao de credito). Liguei tambem a vovo Irene para ela saber que estava tudo bem! Por volta das 6h30 apanhamos a camioneta para o centro da cidade (sim...tivemos de esperar 2 horas pela primeira camioneta).

Quando chegamos a Auckland passeamos pela marina, sentamos nos jardins e fomos a iconica SkyTower para recebermos informacoes. Sim, porque a Nova Zelandia e um pais muito organizado. Em todas as cidades principais/turisticas existe um ponto de informacao chamado de i-site, e eles reservam tudo para voces assim como vendem livros turisticos, e tambem prestam informacao gratis e mapas. Estao tambem muito bem sinalizados e mesmo no centro da cidade, sendo assim muito facil dar com eles.

IMG_3640.jpgIMG_3652.jpg

Queriamos saber como chegar a oficina da nossa caravana chamada "Wicked" (vejam http://www.wicked-campers.co.nz/). Escolhemos esta caravana, entre muitas, porque alem de ser mais barata, tem tambem o seu estilo proprio e nao e tao restricta no seguro como as outras. Se riscarmos o carro, nao ha problema... e mais um tipo de caravana para gente jovem sem stress. De dia pode ser uma sala na parte de tras, e a noite pode-se construir uma cama. Vem com utensilios de cozinha, "arca" portatil, e ate tem uma pia (fotos serao expostas brevemente!). La no i-site la ligaram a "Wicked" e la nos indicaram a melhor maneira de la chegar. Apanhamos a camioneta e com as indicacoes do motorista la encontramos a oficina. Depois de todas as formalidades completas a minha principal preocupacao era de facto guiar do outro lado (a maneira inglesa) e ainda por cima uma carrinha "velha"... A "jovem" da wicked la nos lembrou para vermos o oleo e a agua todos os dias, la montou a carrinha toda pra nos, e siga viagem! Ah... ja a proposito... a nossa carrinha tem uns graffitis meios lesbicos... e ha outras carrinhas bem melhores, mas nao podiamos escolher.

A primeira paragem (aos solucos) foi para abastecer e para ir ao supermercado. Decidimos guiar de volta para Auckland. Ao chegarmos decidimos nao ficar por la e seguir viagem para o norte. Afinal de contas, Auckland e so uma cidade... e estamos na Nova Zelandia para ver a verdadeira beleza dos Kiwis (como os locais sao conhecidos).

Seguimos para a auto-estrada rumo norte. Pagamos a portagem (que aqui e bastante diferente... e tudo electronico), e fomos a descoberta. O primeiro local que paramos foi em Mangawhai Heads... uma praia lindissima e com quase ninguem nela. Eu quando decidi vir a Nova Zelandia (verdade que nao li muito), pensei em ver montanhas e lagos... mal eu sabia que aqui iria encontrar as melhores praias que alguma vez vi (melhores que as das Caraibas!). Bem.. como estava dizendo, paramos nesta praia remota e pensamos... uau... que espectaculo... Continuamos na estrada e paramos noutra praia chamada Waipu Cove... que maravilha...

IMG_3663.jpgIMG_3675.jpg

Mas continuamos a guiar pois queriamos chegar o mais norte que conseguissemos. No entanto acabamos por parar em Kawakawa, perto da Baia das Ilhas (Bay of Islands). Paramos neste parque onde tinham mais caravanas. Aproveitamos para usar a nossa caravana pela primeira vez e cozinhamos almondegas com molho chines e massa. Yum.. Um senhor la acabou por aparecer e por nos pedir 3dolares por ficarmos la e podiamos usar a casa de banho. Sem problema! 3 dolares e cerca de 1.5euro...

No dia seguinte continuamos a descoberta do Norte da Nova Zelandia... continuem a ler para ver se ficamos decepcionados ou nao...

Posted by Themoffats 21:44 Archived in New Zealand Comments (0)

(Entries 11 - 20 of 45) « Page 1 [2] 3 4 5 »