A Travellerspoint blog

Nah Trang e Ho Chi Minh/Saigon, Vietnam


View Adriana and Moff rwt trip plan & Adriana and Moff trip plan on Themoffats's travel map.

Depois de uma chuva torrencial em Hoi An, apanhamos a camioneta nocturna em frente ao nosso hotel. Depois de um dia cheio de emocao (ter os fatos prontos, encontrar a camara, correr ate nao poder debaixo de chuva), adormecer nao foi dificil! Chegamos a Nah Trang por volta das 6h30, e comecamos logo a procura de um hostel que fosse razoavelmente barato no Lonely Planet. Nah Trang, conhecida por ser o destino "praia" no Vietname, nao nos pareceu muito prometedora com nuvens bem cinzentas por cima de nos! Ja no "hotel", depois de nos acomodarmos, fomos ate a internet ver a meteorologia dos dias seguintes.. infelizmente parecia que nao estavamos com muita sorte, pois dava nevoeiro/chuva para os proximos dias em Nah Trang.. Depois de um descanso e um pequeno almoco, os 7 decidimos ir a um centro termal perto da cidade. Uma boa escolha. Os 7 dpartilhamos uma "banheira" de lama quente. Muito sexual!!! Passamos o dia na risota, com os nossos corpos todos enlameados com tendencia a flutuar numa banheira demasiado pequena para nos os 7! Depois d banho de lama, passamos para uma banheira de agua a 43C...e depois para uma piscina que tambem era de agua quente. Felizmente comecou a chover o que ajudou para nos refrescarmos.

MudPools.jpg

Cansados, demasiado relaxados e esfomeados, chegamos ao "hotel" para sabermos que a luz tinha sido cortada. Fomos entao "jantar" a um cafe ao lado do hotel onde comemos.. hamburguers!!! Penso que estavamos todos a precisar de um "toque" europeu/americano. Com a barriga cheia voltamos para o hotel que ainda nao tinha luz. Receptionistas deram-nos uma velas (muito interessante tendo em conta Health and Safety Regulations). Acabmos por passar o resto do tempo nos nossos quartos a ver televisao (a luz acabou por voltar).


3 Abril

Uma manha inesperadamente ensoralada cedo nos levantou da cama e nos preparou para o nosso dia final em Nah Trang. Tomamos pequeno almoco no terraco do nosso "hotel" com vista para o Mar da China Meridional e um fundo de montanha a meio a um horizonte em crescimento. Fomos entao a praia enquanto observavamos as ondas gigantes mas sendo constantemente interrompidos por vendedores de praia tentando vender doces, oculos de sol, pulseiras, pinturas.. e tudo mais. Acabamos por comprar um par de oculos de sol e uma pintura. Caminhamos ao longo da praia mas sempre com um olho nas ilhotas que comecavam a desaparecer da vista porque uma nuvem de tempestade se aproximava. Para evitar o aguaceiro tropical, fomos a busca de um restaurante barato na area. Foi ai que encontramos um outro grupo de viajantes que conhecemos numa viagem de camioneta anterior, o grupo das "Alices". Acabamos por ir almocar todos juntos e tentar saber por onde e que eles tinham andado.

Nah_trang1.jpgNah_Trang2.jpg

Nah_Trang3.jpg

Depois de almoco, demos uma caminhada pelas ruas de Nah Trang com as "meninas" sempre nas lojas a comprar roupa nova. Com um "orcamento" bastante limitado.. limitei-me a ve-las comprar roupa :( Ao por do sol, muitos dos locais vieram a praia para jogar futebol ou para namorar! Foi bastante curioso porque parecia que eramos os unicos turistas ali! As 18h00 voltamos para o hotel pois iamos "embarcar" na nossa camioneta nocturna com destino a Saigon. Dormimos todos bem aconchegadinhos na parte de tras da camioneta e adormecemos todos num instante!

Nah_Trang4.jpg

Nah_Trang5.jpg

Nah_Trang6.jpg

4 Abril

Voltamos a expansao suburbial de uma cidade mal chegamos a Saigon. O nome official desta cidade foi mudada para Ho Chi Minh City em honra ao grande chefe Ho Chi Minh. Sem perder tempo, encontramos logo um "hostel" no meio de umas ruas tipo labirinto por 8USdollares por quarto. Depois de um banho, estavamos todos prontos para explorar Saigon. Comecamos, no entanto, por explorar precos para ir visitar os tuneis de Cu Chi e os templos do Caodaismo. Acabamos por comprar os bilhetes numa agencia perto do nosso "hostel". O dia todo custaria 6USdollares. Compramos tambem o bilhete de autocarro para o Cambodja que foi 10USdollares.

Ainda nao eram 9 da manha e o sol ja batia forte. Acabamos por nos refugiar numa "padaria" com ar condicionado (...europeus!...) com vista para as estradas cheias de motos. O nosso objectivo era conhecer o centro da cidade e visitar o Museu de Guerra do Vietname. Pelo caminho paramos no Mercado Ben Thanh, o maior mercado de Saigon que vendia diferentes tipos de "bujigangas". Eu e o Moff acabamos por comprar aqui uma caixa de pauzinhos em madeira, e um quadro do "Tin Tin no Vietname". Debaixo do sol e com um mapa a nossa frente, tentavamos encontrar o Museu de Guerra com toda a gente a bufar de calor... pior.. Mal encontramos o museu, este fechava em 15minutos para hora de almoco! Desconsolados, continuamos a caminhar a procura de um sitio para almocar. Acabamos por para nesta gelataria que tinha... ar condicionado! Recuperamos as nossas forcas e voltamos ao museu, que devia de estar a re-abrir.

O patio do museu estava cheio de embarcacoes de guerra dos Estados Unidos e armamento. O edifício circundante pintou um retrato do sucesso vietnamita, repressão e tristeza durante a guerra. Havia muito pouca indicação de perda dos Estados Unidos, explicando apenas o sofrimento dos vietnamita através de fotos. O armamento que estava em exposicao foi assustador, mostrando uma bomba B52 que era maior do que uma cabine de telefone!
Foi uma visita que valeu a pena, mas só se pode sair com um ponto de vista solidário com os vietnamitas durante a guerra. De volta a casa, caminhamos pelas ruas mais ricas de Saigon. Ate haviam certas areas onde os militares nao nos deixavam tirar fotografias. Mal chegamos ao "hostel" tomamos mais um duche para refrescar e estavamos prontos para o jantar. Quando estavamos a sair do hostel, os proprietarios da "Guest house" estavam a ter uma briga com varios gritos e copos quebrando no chao. Acabamos, no entanto, tendo um jantar espectacular com os rapazes a recuperar o atraso na Premiership!

Saigon1_war_museum.jpg

Saigon2.jpg

5 Abril

Acordamos bem cedo pois tinhamos um dia em cheio e cheio de actividades. Entramos na camioneta com a sorte de ter um bom guia que falava bem ingles! A nossa primeira paragem foi uma fabrica de arte que vendia pinturas intricadas e mostrando o longo processo de criacao das "obras-primas". Obviamente pararam la para ganharem comissao nas pecas de artes que nos comprassemos.... Mais uma hora na camioneta e chegamos a zona delimitada do templo de Cao Dai ("Morada alta em lingua vietnamita). O Caodaismo e uma religiao relativamente nova, monoteista, que foi fundada na cidade de Tay Ninh em 1926. Aqui eles fundiram o catolicismo, o hinduismo, o budismo e o islamismo. E aclamada como "a terceira grande amnistia religiosa universal". O templo muito bem conservado e rodeado de diferentes jardins. A parte interior era ainda mais impressionante com pilares enormes, dragoes por todo o lado com as etapas Nirvana gradualmente subindo para uma esfera com o simbolico olho Dao Cao. De uma varanda interna vimos o que nos chamamos de "missa" desta religiao. Os caodaistas vestem-se em diferentes cores (branco, amarelo, azul e vermelho) onde eles oravam e cantavam hinos. Uma excelente experiencia.

Saigon_Cao_Dai_temple.jpgSaigon_Cao..temple2.jpgSaigon_Cao..temple3.jpgSaigon_Cao..temple4.jpg

Depois de uma paragem para almoco, seguimos para os tuneis de Cu Chi. Mal chegamos aos tuneis que pertencem ao exercito comunista, assistimos a um filme mostrando os recursos que os Viet Cong tinham e o tipo de vida deles a volta dos tuneis Cu-Chi. Caminhamos, depois, pela floresta passando por crateras feitas por bombas B52 atiradas pelos americanos. Mostraram-nos tambem como se escondiam e porque eles nunca foram vencidos pelos americanos. O nosso guia tambem nos mostrou como diferentes armadilhas foram montadas provocando uma morte dolorosa e lenta aos soldados dos EUA. Depois fomos para um campo de tiro onde disparamos uma M16!!! O som das armas deixou um zumbido nos ouvidos. Em seguida, fomos ate a um dos tuneis que o exercito construiu com o dobro do tamanho do que seria normalmente. Depois de muita gente desistir, eu o o Moff conseguimos fazer toda a viagem, mesmo sendo extremamente claustrofobico. Nao faco ideia como os vietnamitas (chamando-se a eles proprios, "gorillas", conseguiam fazer aquilo diariamente em metade do tamanho. No final provamos o cha vietnamita e a tapyoka.

Saigon_Cu_Chi_tunnels.jpgSaigon_Cu_..unnels2.jpgSaigon_Cu_..unnels3.jpg

A noite jantamos no mesmo restaurante e voltamos para o "hostel" estourados. Amanha vamos para o Cambodja.

Posted by Themoffats 15:56 Archived in Vietnam

Email this entryFacebookStumbleUpon

Table of contents

Comments

gostaria de obter o vosso email de contacto para assunto relacionado com o Vietname
Raul Silva
raul.silva1959@gmail.com

by catumbela

This blog requires you to be a logged in member of Travellerspoint to place comments.

Enter your Travellerspoint login details below

( What's this? )

If you aren't a member of Travellerspoint yet, you can join for free.

Join Travellerspoint